02 maio 2018

Verdades Eternas

Há, pelo menos, cinco conceitos fundamentais de verdade: 1) a verdade como correspondência, 2)  a verdade como revelação, 3) a verdade como conformidade de uma regra, 4) a verdade como coerência, 5) a verdade como utilidade. A verdade como correspondência enseja-nos uma reflexão sobre o aspecto epistemológico e o moral. Em termos epistemológicos, a verdade é a adequação entre a inteligência e a coisa,e se opõe ao erro. Em termos morais, a verdade é a adequação entre a inteligencia e sua expressão manifestativa e, nesse sentido, se opõe à mentira.

A noção de "verdades eternas" pode ser remontada a Platão. Há elementos afins e distintos: "noções comuns", "ideias inatas", "axiomas", "fatos primitivos", "princípios evidentes" etc. Todos esses elementos têm algo em comum: há uma série de proposições, princípios que são inabaláveis, universais. As "verdades primeiras", por exemplo, são enunciados considerados evidentes e indemonstráveis. Exemplo: "O todo é maior que suas partes".

Comte-Sponville, em seu Dicionário de Filosofia, argumenta que todas as verdades são eternas, porque a verdade de hoje tem que ser a verdade de amanhã, pois se assim não for deixaria de ser verdade hoje. Cita o seguinte exemplo: Há três árvores no campo. Esta afirmação será verdadeira daqui a dez mil anos, muito embora as árvores já não estejam no campo e o campo possa nem mais existir.

Na filosofia escolástica, "verdades eternas" são os princípios que constituem as leis absolutas dos seres, emanadas da vontade divina e que o homem pode descobrir pelo pensamento. Observe que a expressão latina veritates aeternae evidencia a verdade que é garantida pela Verdade, ou pela fonte de toda a verdade, isto é, Deus.

Nietzsche declara que as verdades eternas (universais) não existem. Para ele, as palavras que denotam os conceitos não fornecem descrições definidas, mas metafóricas (arbitrárias). Um cachorro é um cachorro em virtude da palavra metafórica cachorro que atribuímos ao conceito do animal.

Fonte de Consulta

Dicionários e Enciclopédias


Nenhum comentário: