08 abril 2011

Livro: Experiência e Educação

Experiência e Educação é um livro escrito por John Dewey. O que temos em mãos é a edição de 2010. Para as pessoas que não sabem, Experiência e Educação é o resultado de uma palestra proferida por John Dewey na sociedade Kappa Delta Pi, em 1938, cuja primeira edição deu-se nesse mesmo ano.

Parcela considerável dos educadores tem apreço por esta obra, pois ela trata de conciliar os problemas da educação tradicional com os da escola progressista. Na escola tradicional, o ensino vem de cima para baixo, de fora para dentro; na escola progressista, de dentro para fora, de baixo para cima. No primeiro, há excesso de autoritarismo; no segundo, excesso de liberdade. Dewey Propõe o meio termo.

A tese central deste livro é: os seres humanos gostam de pensar de forma dicotômica, isto é, pelos extremos. Geralmente, expressamos nossas crenças em termos de ou isso ou aquilo. Tenta, assim, ver as coisas boas que há tanto na escola tradicional como na escola progressista. Aproveita-as; rechaça, porém, as coisas ruins.

Na presente edição, há 4 comentários críticos:

1.º) Experiência e Educação: Contextos e Consequências, por Maxine Greene;
2.º) Experiência e Educação de Dewey Revisitada, por Philip W. Jackson;
3.º) Experiência e Educação: Implicações para o Ensino e a Educação Atuais, por Linda Darling-Hammond;
4.º) Um Convite à Reflexão, por O. L. Davis Jr.

Este livro mostra que as controvérsias intelectuais devem ser percebidas como estimuladores do nosso pensamento, e não como inibidores de nosso raciocínio.

DEWEY, John. Experiência e Educação. Tradução de Renata Gaspar. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2010. (Coleção de Textos Fundantes de Educação)

Estude Online: Lista dos Cursos 24 Horas

Nenhum comentário: