03 agosto 2012

Tradução e Mudança de Significado


Muitas são as palavras que tiveram o seu significado modificado quando passaram para outro idioma.  Eis algumas delas.

Conhece-te a ti mesmo. Em grego, gnothi seauton. Na época de Sócrates, esta frase pretendia estimular as pessoas a tomarem consciência de sua ignorância. Não é sem razão que Sócrates, ao lhe contarem que o oráculo de Delfos dissera que ele era o mais sábio dos homens, respondera: o oráculo disse isso, porque ele é o único que sabe que eu nada sei.  Em latim, nosce te ipsum. Conhecer-se a si mesmo passou a ser um processo de autoconhecimento, com perspectiva de uma mudança comportamental. Um exemplo: Santo Agostinho, todas as noites, repassava o dia para ver como fora em pensamentos, palavras e atos.

Deus Pai. Na mitologia grega, a palavra Zeus significa rei dos céus. Entre os romanos, foi traduzida por Júpiter, que passou a significar Deus Pai. Como o monoteísmo cristão evoca a figura de um único Deus, este também é o Deus Pai. É por esta razão que vemos o Pai como um velhinho de barbas brancas, sentado num trono. Deus, porém, não tem forma alguma. Como, contudo, convencer o crente a adorar algo que não tem forma?

Daimon.  Na época de Sócrates, daimon significava anjo da guarda, espírito protetor, que intervinha somente quando achava que Sócrates não devia fazer alguma coisa, ou seja, adverti-lo de um perigo iminente. Foi traduzido por demônio e, concomitantemente, ligado aos espíritos maus, pertencentes ao reino de Satanás.  

Nenhum comentário: